SP da cultura SP da história

Conheça o prédio histórico do antigo Banco de São Paulo

Edifício onde atualmente funciona a SELJ e que foi construído na década de 1930, preservando ainda as características arquitetônicas e detalhes da época, abre agora para visitação pública.

Fachada do antigo Banco de São Paulo, localizado na Pça. Antônio Prado, região central (R. Gushiken / SP da garoa)

O São Paulo da garoa firmou uma parceria com a SELJSecretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, para o agendamento de visitas em sua sede, um prédio histórico, tombado pelo CONDEPHAAT – Conselho de Defesa do Patrimônio  Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico, e que está localizado na Praça Antônio Prado, centro da capital paulista, onde funcionou durante décadas o extinto Banco de São Paulo.

Projetado pelo arquiteto Álvaro de Arruda Botelho e representando como um dos mais belos e luxuosos exemplares Art Déco na arquitetura paulistana, o edifício foi construído de 1935 a 1938 com o intuito de sediar o Banco de São Paulo fundado pela família Almeida Prado no final do século XIX.

Ficou em atividade até o ano de 1973, quando foi comprado pelo Banespa (Banco do Estado de São Paulo), tornando-se patrimônio público, e por fim, foi ocupado pela SELJ.

Os visitantes poderão conhecer agora o seu interior, que ainda mantém detalhes da época, como os cofres particulares preservados, pisos e revestimento de mármore de carrara, elevadores, balcões de granito, lustres de alabastro, relógio com esculturas, além de lambri de madeiras de lei e couros trabalhados pelo Liceu de Artes e Ofícios, que dividiram a decoração com a Mappin Stores.

Essas são as áreas abertas ao público, veja e agende logo a sua visita(*):

O HALL – SALA DE ESPERA

Primeira porta giratória de SP (Reginaldo / @fotografia_viagens_e_energia)

Já logo na entrada, passando pela primeira porta giratória construída na cidade, os visitantes terão a sensação de uma “viagem no tempo”, pois irão se sentir em uma agência bancária da década de 30, com detalhes como um grande relógio central, balcões e mesas para depósitos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Reginaldo / @fotografia_viagens_e_energia e R. Gushiken / SP da garoa)

Há também os elevadores com portas pantográfica, o sistema de construção da época para manter o ar refrigerado e todo o requinte dos pisos luxuosos feitos de revestimentos em pastilha, recém-restaurada.

Detalhes do hall da entrada, os visitantes vivenciarão o ambiente de um banco na década de 30 (Reginaldo / @fotografia_viagens_e_energia)

 

O SALÃO NOBRE – MEZANINO CENTRAL

Mezanino e o destaque da grade ornamental representando os formatos das flores de lótus, um dos marcos da art déco do edifício (R. Gushiken / SP da garoa)

O espaço dá uma visão mais panorâmica e privilegiada do hall, e o visitante verá mais detalhes suntuosos em mármore, como também, as paredes e o mobiliário que seguem com um extremo cuidado nos detalhes em madeira feitos pelo Liceu de Artes e Ofícios.

Há relato de um dos herdeiros da família Almeida Prado de que o ex-presidente Getúlio Vargas fizera muitas reuniões na mesa que fica ainda nesse mezanino.

Este slideshow necessita de JavaScript.

(R. Gushiken / SP da garoa)

 

O COFRE

A porta do cofre produzida pela Panzer, a empresa alemã que também produzia tanques de guerra (R. Gushiken / SP da garoa)

E por fim, o grande atrativo da visita, é de entrar no subsolo do edifício e conhecer os cofres particulares do Banco, e os detalhes das portas fabricadas pela empresa alemã Panzer, a mesma que produzia tanques de guerra durante a Segunda Guerra Mundial.

Este slideshow necessita de JavaScript.

(R. Gushiken / SP da garoa)

Planta preservada do edifício (R. Gushiken / SP da garoa)

 


Fontes: Site Governo do Estado, Site Secretaria de Cultura do Estado, Folder institucional SELJ-SP, Site Wikipedia


SERVIÇO – Visitação monitorada do edifício-sede da SELJ (antigo Banco de São Paulo) em parceria com o São Paulo da garoa:

Fachada letreiro do antigo Banco de São Paulo, onde hoje é a sede da SELJ-SP (R. Gushiken / SP da garoa)

Endereço:

Praça Antônio Prado, nº 9, Centro, São Paulo-SP
(ao lado do edifício Altino Arantes, o “Banespão”)
Estação Metrô Linha Azul-1 São Bento – saída rua Boa Vista

Datas e horários:

Dias fixos: De segunda a quinta-feira
Horários: Manhã – das 10h às 11h / Tarde – das 13h às 14h

(*) Agende a sua visita GRATUITAMENTE, entrando em contato no telefone ou e-mail abaixo:

SELJ – Ivone Faddul Alves (responsável pela condução das visitas)
Tel.: (11) 3241-5822 – ramal 1200
E-mail: ifalves@sp.gov.br

 


 

Este slideshow necessita de JavaScript.

SP da garoa com alguns grupos na visitação monitorada (Bete Marques e R. Gushiken / SP da garoa)


Aproveite para conhecer o nosso grupo no Facebook, clique aqui e seja um membro para saber em primeira mão das nossas matérias recentes e outros conteúdos exclusivos!

The following two tabs change content below.
São Paulo da garoa, São Paulo, que terra boa!

Comentários

Comentários