Carnaval 2018: meu 1º camarote no Sambódromo do Anhembi

SP da cultura

“O meu 1º camarote no Sambódromo do Anhembi, a gente nunca esquece”… Um relato emocionante sobre a minha ida no estreante “Da Garoa”, o temático sobre a cidade de São Paulo, que dava acesso exclusivo para a avenida onde desfila as escolas de samba do grupo especial!

Com esse nome, “Camarote da Garoa”, dá até para acreditar que foi especialmente destinado ao meu projeto “São Paulo da garoa” (risos). Vamos considerar que sim, pois tive a oportunidade de estar em um dia nesse camarote que estreou com tudo neste carnaval de 2018.

Interna do camarote “Da Garoa” no Sambódromo do Anhembi (R. Gushiken / SP da garoa)

➡ Reveja a nossa matéria: http://spdagaroa.com.br/camarote-da-garoa-carnaval-2018/

Novidade: a temática sobre a cidade de SP

Um dos motivos que me fez ir a esse camarote — claro que depois do nome tudo a ver com o meu projeto — foi que ele teria a “roupagem” urbana e moderna na caracterização da terra da garoa nos dias atuais.

A começar pela fachada, que remetia a comunicação visual do metrô (“Estação da Garoa”), e os desenhos gráficos de famosos pontos turísticos, em placas modeladas e sobrepostas nessa identidade visual muito perceptível da nossa cidade.

Fachada do camarote “Da Garoa” no Sambódromo do Anhembi (R. Gushiken / SP da garoa)

Logo que entrei, já tive a grande dimensão do espaço, começando pelo palco grande instalado onde teria atrações nacionais e internacionais nos 3 dias de funcionamento do camarote.

Interna do camarote “Da Garoa” com vista do palco (R. Gushiken / SP da garoa)
Palco do camarote “Da Garoa”, apresentação da banda Me Viu Mentiu (R. Gushiken / SP da garoa)

Em seguida, conheci a pista e mezanino amplos, este último, de acesso exclusivo para os que adquiriram os ingressos de R$1.375. O preço de R$900 dava acesso só para a pista (lembrando que ambos tinham open bar e food).

Mezanino do camarote “Da Garoa” (R. Gushiken / SP da garoa)
Pista ampla do camarote “Da Garoa” (R. Gushiken / SP da garoa)

No interior, a decoração predominante era também da comunicação visual do metrô, e também, muitos lambe-lambes conhecidos já da nossa arte de rua, de artistas como Luís Bueno que criou a série do “Pelé Beijoqueiro”.

Lambe-lambe (“Pelé Beijoqueiro” de Luís Bueno) decora o camarote “Da Garoa” (R. Gushiken / SP da garoa)

Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior:

As vistas para a avenida do Sambódromo

Eis que a “cereja do bolo” era ver os acessos para a avenida onde iria passar o desfile das escolas de samba.

Havia dois tipos, um direto quase encostado na avenida do Sambódromo, que aliás, bem disputado; e o outro, ali do mezanino com uma visa mais panorâmica e do alto.

Acesso térreo colado com a avenida do Sambódromo (R. Gushiken / SP da garoa)

Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior:

Pude estar presente nos dois acessos, e realmente, foi uma emoção que nunca havia sentido antes e só irá me entender quem também já esteve presente no Sambódromo e conferiu as escolas de samba passando bem diante dos seus olhos.

É totalmente diferente do que é transmitido na televisão, o “estar presente no lugar” faz toda a diferença, pois senti a vibração tanto do público que torcia pela sua escola do coração, como, as das baterias muito bem ensaiadas e ritmadas.

E fora que, ver todos aqueles carros alegóricos, foi demais, realmente tive toda a dimensão e percepção do trabalho artesanal, das cores e todos os detalhes, como também, do tamanho imenso de cada um deles.

Vista do mezanino para o desfile da escola de samba X-9 Paulistana (R. Gushiken / SP da garoa)

Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior:

Gastronomia: comes e bebes à vontade

Bom, o grande diferencial mesmo é estar em um camarote em que você possa desfrutar de muitos benefícios, como por exemplo:

  • Banheiros que não tinham muita fila;
  • Espaço alternativo para se entreter enquanto rolava a espera da entrada entre uma escola e outra, que no caso do camarote “Da Garoa”, havia um palco instalado ali e rolava apresentações de bandas ao vivo e discotecagem de DJ´s;
  • E por fim, o mais requisitado de todos, comida e bebida à vontade! Dos comes, desde de lanches e salgados, passando por pratos frios e sobremesas (sorvete Ben&Jerry´s), a comidas quentes de buffet, em que você pegava uma cumbuquinha de isopor e se servia. E dos “bons drinks”, vários stands de marcas como Absolut, Redbull, Tequila Patrón, etc.
Buffet Open Food do camarote (Augusto Mestieri)
Buffet Open Food do camarote (Augusto Mestieri)

O abadá ficará de recordação

Nem sou “micareta” de carnaval, mas guardarei o meu abadá que foi personalizado antes da ida para o camarote, no ponto de encontro (Allianz Parque, onde vans levavam e traziam os foliões do Sambódromo) marcado pela organizadora.

Confesso que não tive disposição em ficar até o fim dos desfiles desse segundo dia (10/02). Fiquei das 21h (a hora que cheguei no camarote) até umas 4h da manhã, mas muita coisa ainda iria rolar no “Da Garoa”, outras apresentações previstas ainda iriam subir no palco deles, e até estava divulgado que serviriam um café da manhã lá mesmo para os mais resistentes!

Para quem ainda quiser garantir essa experiência, haverá a última chance nessa sexta-feira (16), dia dos desfiles das campeãs (aliás, parabéns à bicampeã Acadêmicos do Tatuapé!) com apresentação do Durval Lélys, vocalista do Asa de Águia, no palco da camarote.

 


Serviço – Camarote Da Garoa no Sambódromo do Anhembi:

Endereço: Avenida Olavo Fontoura, 1209 – São Paulo/SP

Datas e horários:
Sexta-feira, 16/02/2018, início às 19h00 – 06h00 (sábado, 17/02).
(Obs.: MEETING POINT no Allianz Parque – Será obrigatória a ida ao Meeting Point para retirada da camiseta e da credencial.)

Ingressos e informações:
http://www.camarotedagaroa.com.br 
(Os preços variam de acordo com o lote e a categoria selecionada)

Rede sociais:
https://www.facebook.com/CamaroteDaGaroa/
https://www.instagram.com/dagaroa/

Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior:

 


Entre no nosso grupo do Facebook: https://www.facebook.com/groups/spdagaroa/ e seja um membro para saber em primeira mão das nossas matérias recentes e outros conteúdos exclusivos!
The following two tabs change content below.
Rafael Gushiken

Rafael Gushiken

Idealizador e editor-chefe at São Paulo da garoa
Rafael Gushiken é o idealizador e editor-chefe do portal São Paulo da garoa, para o qual seleciona as melhores dicas sobre cotidiano, cultura, história, turismo e gastronomia da terra da garoa; com a realização de exclusivas coberturas jornalísticas de eventos e passeios de interesse ao público paulistano e paulista em geral. É publicitário de formação, especializado em Marketing e Conteúdo Digital, Assessoria de Imprensa e Relações Públicas; e se "aventura" como fotógrafo e curador cultural.

Comentários

Comentários

Tagged