SP da gastronomia SP da história

ESPECIAL #vemprocentro: La Central, o mexicano do Copan

O São Paulo da garoa lança a série de matérias especiais que conciliam GASTRONOMIA e HISTÓRIA, abordando alguns notáveis restaurantes do centro da cidade e a sua influência na região, pois muitos deles são os responsáveis pela revitalização e valorização local.
A proposta desse dossiê é de estimular a todos a conhecerem não só esses estabelecimentos, e sim, que criem uma relação mais afetiva com o centro e percebam a sua importância histórica: #VemProCentro!*

(*hashtag criada pelo casal de chefs Janaina e Jefferson Rueda, ela é proprietária do Bar da Dona Onça, e ele, da A Casa do Porco, ambos localizados na região central paulistana)


~ ESPECIAL GASTRONOMIA E HISTÓRIA #vemprocentro~

~ Capítulo 01. LA CENTRAL ~


Este slideshow necessita de JavaScript.

Inaugurado há pouco mais de 2 anos em um dos endereços mais emblemáticos de São Paulo, está localizado o restaurante mexicano La Central, situado no térreo do Edifício Copan. Estivemos lá para uma conversa divertida e informal com o Morotti, um dos responsáveis pelo estabelecimento e descobrimos várias curiosidades sobre a relação do restaurante com o centro da cidade de São Paulo. Veja a seguir!

 


~ SENTA QUE LÁ VEM A HISTÓRIA… ~


Fachada do La Central e as curvas do Copan ao fundo (R. Gushiken / SP da garoa)

O restaurante tem inspirações na Cidade do México, a segunda maior cidade das Américas (ficando atrás somente de São Paulo) e com reflexos de uma enorme globalização e vida urbana agitada. Foi por esta razão que a escolha do Copan abrigou o restaurante e foi um casamento perfeito.

No La Central os funcionários, além de terem que adquirir uma boa relação com o centro da cidade, também são preparados para atender as mais diferenciadas “tribos”.

Basta imaginar que ele está localizado em um prédio onde vivem mais de 5.000 pessoas (isso mesmo, segundo o IBGE, só o Edifício Copan possui uma população maior que 470 cidades do Brasil, pasmem!) e de várias classes sociais, pois existem apartamentos com mais de 400m² e apartamentos com menos de 40m² – o que acaba sendo um reflexo do centro de São Paulo.

O restaurante já teve alguns funcionários que residiam no próprio Copan, o que é um tanto curioso. Esse aí não pode dar a desculpa que chegou atrasado porque pegou trânsito (típica desculpa de paulistanos). Ele vai falar o quê? Que pegou um engarrafamento no elevador?, brinca Morotti.

Morotti no interior do La Central (R. Brasil / SP da garoa)
Morotti, à esquerda, em uma conversa informal com a equipe SP da garoa, Ricardo Brasil, à direita, no destaque (R. Gushiken / SP da garoa).

Para quem acha que tudo se resume a um bom cardápio, está bem enganado. O restaurante sempre esteve aberto e tem promovido uma interação e integração com os estabelecimentos parceiros ao seu entorno, ou seja, da região central.

Um exemplo, é a sua festa de final de ano, para a qual foram convidados alguns chefs desses restaurantes, e cada um trouxe um prato para ser degustado.

Não é tão diferente de uma “festa americana” que nós organizávamos em casa, ligava o som, fornecia o refrigerante e cada amigo trazia algo para comer. A diferença é que, no caso do La Central, os convidados foram: o Ramona, o Bar da Dona OnçaA Casa do Porco Bar, o Esther Rooftop, e a Galeria Pivô, que é uma galeria de arte sem fins lucrativos, também localizada no Copan.

Morotti, responsável pelo estabelecimento (R. Gushiken / SP da garoa)

Como Morotti diz, eles são “os amigos do La Central, e completa: Somos vizinhos, parceiros e todo mundo se ajuda. Isso você não encontra em outro lugar a não ser aqui no centro. Existe essa confiança e essa comunicação entre os estabelecimentos, que você não encontra nos Jardins ou em outras partes de São Paulo“.

A ideia é que essa interação entre seus vizinhos prospere e possa dar passos mais largos, unificando ainda mais as relações e o engajamento entre os “players gastronômicos” no centro da cidade.

 


~ AGORA VAMOS FALAR DE GASTRONOMIA ~


Mesa exclusiva para o SP da garoa (R. Brasil)

Com o cardápio assinado pela chef Ana Soares, o restaurante tem todo um cuidado com seus ingredientes e por conta disso a sua produção é toda artesanal (salsa, guacamole, totopos, tacos, etc.).

Guacamole servido na cumbuca (R. Brasil / SP da garoa)
Tacos de Cogumelos, opção vegetariana composto de abobrinha, cogumelos, chillies e purê de milho (R. Brasil / SP da garoa)

No cardápio existem opções bem interessantes e divertidas como o “Picadillo La Central“, que é uma mistura de conceitos entre o nosso Picadinho e Virado à Paulista; e a culinária mexicana (carne moída com chilli, cremoso de feijão no lado, queijo, ovo frito e banana da terra). Talvez esse seja o prato que define a “pegada” do restaurante.

Picadillo La Central (R. Brasil / SP da garoa)

Mesmo assim você também encontra pratos típicos do México e extremamente bem executados, como é o caso dos Elotes (espetinhos de milho com maionese caseira, parmesão e chilli lemone) muito comum nas ruas do país (street food).

Elotes Callejeros (R. Brasil / SP da garoa)

Drinks: O restaurante também apresenta uma carta de drinks e bem inventiva. Além dos drinks clássicos, também apresenta uma versão com a mistura de tequila em diversos deles. Com certeza é a casa de São Paulo que mais vende tequila afirma Morotti.

Bloody Maria (R. Brasil / SP da garoa)

Entre os drinks com tequila, há o “Bloody Maria (variação do Bloody Mary feito com Tequila Espolon 100% agave, laranja, suco de tomate e mix de pimentas), o “Rosita” (variação do Negroni feito com Tequila Espolon 100% agave, carpano clássico e campari) e, por fim, o “100% Old-Fashioned“(variação do Old-Fashioned feito com Tequila Espolon 100% agave, essência de pimentas, mel com cacau e amaro lucano).

Rosita (R. Brasil / SP da garoa)

Sobremesa: Feitos com leite condensado em substituição do açúcar puro, há os Churros servidos juntos com duas opções de Ganache, um de Chocolate com Pimenta e o outro, de Doce de Leite.

Churros com ganache (R. Brasil / SP da garoa)

 


~ AS IMPRESSÕES ~


🍽 O restaurante realmente entregou o prometido e fez valer todo o esforço de ter uma produção artesanal do seu cardápio. Basicamente quase tudo que experimentei estava bem acima da média, a começar pelo Guacamole que, sem dúvida, um dos melhores!

🍽 Ponto forte também para a criatividade do Picadillo, a versão mexicana do Virado à Paulista, o carro-chefe da casa. A pasta de feijão estava bem densa e saborosa, feito com carne moída ao invés de carne picada. Para completar, a banana compõe bem o prato.

🍽 Também em destaque o Elotes Callejeros, o milho com parmesão e chilli lemone estava ótimo. Se teve algo que não me emocionou muito foram os Tacos de Cogumelos, mas, nem tem como dizer que não estavam bons, pois estavam. Só não superou a expectativa como os outros pratos superaram.

🍽 Os Drinks estavam muito bem feitos, com destaque para o Bloody Maria!

🍽 Para sobremesa nem pense duas vezes, peça o Churros com Ganache de Chocolate com Pimenta e com Ganache de Doce de LeiteA massa estava divina, extremamente macia e suave, foi o melhor churro que já comi. Entre os ganaches, preferi o de Chocolate com Pimenta, mas acredito que a pimenta poderia ser mais forte e estar mais presente (apenas um detalhe).

O La Central é um lugar para compartilhar. Por isso, todos os dias, há a opção de se pedir um menu com 6 pratos pelo valor de R$ 70,00. Apesar de não termos experimentado, parece ótimo e recomendável.

 


Serviço La Central:

Endereço: Av. Ipiranga, 200 – loja 53 – Edifício Copan
Telefone: (11) 3214-5360
Funcionamento:
2ª a 6ª –  Almoço: 12h às 15:30h  | Jantar: 19h às 0h
Sáb.- 12h às 0h | Dom. – 12h às 17:30h

Site: http://www.lacentral.com.br/La_Central/La_Central.html
Facebook: https://www.facebook.com/lacentral.copan/
Instagram: https://www.instagram.com/la_central/

Agradecimentos especiais a todos do La Central e ao Morotti pela calorosa receptividade!

 


Com colaboração e edição de Rafael Gushiken

Aproveite para conhecer o nosso grupo no Facebook, clique aqui e seja um membro para saber em primeira mão das nossas matérias recentes e outros conteúdos exclusivos!

The following two tabs change content below.
Ricardo Brasil Lopes é colaborador de assuntos variados, como entretenimento, cultura, viagens e gastronomia, para o São Paulo da garoa. Atualmente ele é trader Bovespa e amante de inúmeras experiências de vida. Seu perfil pessoal é @ricardobrasillopes no qual gosta de registrar belos cliques.

Comentários

Comentários