#OcupacaoSPdagaroa! na Mostra “O Caminho do Olhar” ocupou a ALESP

clipping SP da cultura SP ilustrada

#OcupacaoSPdagaroa! na mostra “O Caminho do Olhar” trouxe 30 registros impressos do estado de SP na curadoria minha e da Priscila Dagnesi para o suntuoso “Espaço dos Heróis de 32” do Palácio 9 de Julho – Assembleia Legislativa do Estado de SP (ALESP)

A volta da valorização da foto impressa

Ver o seu clique destacado em perfis conhecidos na plataforma Instagram é legal, porém, vê-lo em uma Exposição Fotográfica, no impresso e apreciado por um público que se envolva e se emociona mais com a tua obra, é MIL VEZES MELHOR!

A Assembleia Legislativa do Estado de SP – ALESP

E foi justamente por isso que aprimorei o evento “Ocupação SP da garoa!” que criei no ano passado (2017), e que neste ano, em sua 2ª edição, “ocupamos” um espaço público de grandes dimensões, localizado num lugar arborizado (raro) da cinza São Paulo, que é a Assembleia Legislativa do Estado de SP – ALESP.

Fotos do “Espaço dos Heróis de 32” localizado no Palácio 9 de Julho – Assembleia Legislativa do Estado de SP (Rafael Gushiken/SPdagaroa.com.br)

 

Curadoria fotográfica para a 2ª edição: “O Caminho do Olhar”

Pensando sempre no aprimoramento e profissionalização do evento, tive a mega ajuda de Priscila Dagnesi, que é uma fotógrafa profissional especializada em retratos familiares e assistente de Gal Oppido (mestre!), e me propôs o tema para a nossa curadoria dessa exposição: “O Caminho do Olhar“.

E para que pudéssemos fazer essa curadoria, rolou uma convocação para que o nosso público mandasse os seus cliques de acordo com a recomendação da própria Priscila:

Rafael Gushiken e Priscila Dagnesi, os curadores da Mostra “O Caminho do Olhar” da 2ª edição da “Ocupação SP da garoa!” (Erik Teixeira)

Daremos prioridade para a composição. Queremos fotos que prendam o olhar ou que indiquem o caminho que o olhar deve percorrer pela obra.”

Resultado: mais de 120 fotos recebidas no período de 3 dias!

E para escolher somente 30? Foi bem difícil mesmo, infelizmente muitos cliques ficaram de fora, mas não porque eram “ruins”, e sim, por não se ajustarem ao tema da curadoria proposta, só isso! Não desmerecemos nenhum trabalho (todos maravilhosos), e sim, fomos bem fieis à linha narrativa que quisemos contextualizar nessa mostra.

Os selecionados

Então, confira a seguir as 30 fotos selecionadas de 28 fotógrafos que já são “celebridades” em seus perfis no Instagram:

Cartaz da Mostra com a bela introdução escrita por Priscila Dagnesi, explicando um pouco sobre a nossa curadoria, o processo e o que ela nos representa (Foto: Erik Teixeira / Arte: Rafael Gushiken)

 

Bombeiros: “Avistei um píer ao longe e fui andando até lá, porém, o acesso era fechado e percebi que ficava atrás de uma unidade do Corpo de Bombeiros. Me apresentei para um soldado e disse que gostaria de entrar no quartel para fazer a fotografia. Depois de alguma resistência, consegui falar com o tenente, que me recebeu muito bem e permitiu que eu fizesse alguns cliques (sob escolta).”
Autor: Alexandre Fernandes Mestre / @oitentagain.
Local: Represa de Guarapiranga, São Paulo, SP.

 

O Caminho do Olhar: “E se o ‘caminho’ for além da nossa visão cotidiana? Qual ser humano nunca pensou ou ao menos sonhou em voar? Ver as belezas do mundo de um novo ângulo? É a realização desse sentimento que eu quis transmitir ao espectador nessa foto, um belo entardecer e levar o olhar em direção ao caminho desse sonho.”
Autor: Matheus Barbosa Ribeiro / @matheusbribeiro.
Local: Brotas, SP.

 

Amanhecer no Emissário Submarino: “Fui a trabalho fazer essa foto, e sabendo que o sol nasce no lado de Santos (o emissário é a divisa dessa cidade com São Vicente), cheguei bem cedo para aproveitar essa luz, como também, para evitar o grande número de pessoas no enquadramento, que por fim, destacou esse lindo monumento da Tomie Ohtake.”
Autor: Alex Reipert / @alexrlsfilho.
Local: Santos, SP.

 

Meu olhar: “Um breve olhar na imensidão do mar e descobrimos o nascimento daquele que durante todo o seu dia iluminará.”
Autor: Márcio Godoi Domingues / @godylla.
Local: Peruíbe, SP.

 

Superação: “Um dos grandes desafios da fotografia de paisagens e estar no lugar certo e na hora certa. Principalmente se esse lugar for de difícil acesso, como o Pico dos Marins. Nessa foto, eu superei uma barreira pessoal, fazendo um trekking de 7 horas, carregando uma mochila de 17kg. Apesar do grande esforço, valeu muito a pena. Às vezes, esse é o caminho do olhar.”
Autor: Hugo Chinaglia / @hugo.chinaglia.
Local: Pico dos Marins e Itaguaré, Cruzeiro/Piquete, SP.

 

Do Alto da Pedra: “Era domingo e estávamos fotografando desde às 2h30 da manhã. Uma singela poça repousava ali no meio da enorme pedra, à espera de seus colegas fotógrafos que tanto a amam. Enquanto amanhecia, meu olhar passou por ali. Percorreu a poça e caminhou até a nossa amiga que também fotografava e contemplava o lindo nascer do sol diante de nós.”
Autor: Filipe Morgado / @filipemorgadosc.
Local: Monumento Natural Estadual da Pedra Grande, Atibaia, SP.

 

Opostos: “Cores quentes e cores frias se misturam, no momento que o dia e a noite se juntam.”
Autor: Edson Kenji Nagase / @edson_nagase.
Local: Ilhabela, SP.

 

Brilho: “O brilho está dentro de você – ‘Até onde conseguimos discernir, o único propósito da existência humana é acender uma luz na escuridão da mera existência’ (Jung).”
Autora: Karina Bordalo / @let_itshine_.
Local: Parque Estadual Alberto Löfgren ou Horto Florestal, São Paulo, SP.

 

Sincronia: “Aquela cena que você fica só esperando o momento acontecer! E quando acontece é muito melhor do que se esperava. Aguardava somente uma nuvem encobrir o sol, para que ele saísse como uma estrela, e não é que nesse mesmo momento o avião passa? Me apaixonei!”
Autora: Katrianne Vieira / @katrianne.
Local: Itaim Bibi, São Paulo, SP.

 

Superlua: “Imagem aérea do centro de São Paulo, na manhã do dia 1º de fevereiro de 2018, da qual registrei a beleza e a magia da Superlua.”
Autor: Marcelo Sonohara / @msonohara.
Local: Região Central, São Paulo, SP.

 

Bricks: “Um panorama desses blocos de tijolos vistos da cobertura do edifício Copan.”
Autor: Caio Siqueira / @caioarq.
Local: Região Central, São Paulo, SP.

 

Estaiada: “São Paulo e seus caminhos que te levam ao olhar infinito entre o céu e os ‘arranha-céus’.”
Autor: Matheus Barbosa Ribeiro / @matheusbribeiro.
Local: Ponte Octávio Frias de Oliveira ou “Ponte Estaiada”, São Paulo, SP.

 

Duas Vistas: “Espelho d’água, encanto de Narciso. Ledo engano, um reflexo, realidade fluida não palpável… Mas os olhos gostam, querem e veem sempre qualquer ilusão que agrade a eles mesmos.”
Autora: Nathalia Turolla Nigro / @nathalia.tn.
Local: Marginal Pinheiros, São Paulo, SP.

 

Minha 1ª P&B em Exposição: “Ah, o sol! O surpreendente Astro Rei. Inspiração, emoção, uma total sedução. A vida que vejo, com espanto e admiração! Poesia para os olhos, meus e seus! Aproveite!”
Autora: Magali Antunes Maschi / @magali_maschi.
Local: Zona Sul, São Paulo, SP..

 

Foco do Olhar: “Quando mudamos o foco do olhar encontramos novas perspectivas a nos guiar.”
Autora: Jessica Dantas Delatori / @jessica_delatori.
Local: Complexo Viário José Roberto Fanganiello Melhem ou Túnel da Avenida Paulista, São Paulo, SP.

 

Começo: “Onde nossa história começou a ser contada, onde se deu inicio a construção desta grande cidade, acredita-se que seja a capital mais importante do Brasil, e considerada uma das grandes metrópoles mundiais, a nossa querida, São Paulo.”
Autor: Daniel Ferreira Tavares / @danielf.tavares.
Local: Pátio do Colégio, São Paulo, SP.

 

Improviso: “Nesse dia me programei para ir ao metrô Sumaré e registrar a Superlua. Acabou que, não consegui fazer umas fotos bacanas, mas nem tudo estava perdido, pois consegui fazer essa foto da própria estação, de um ângulo bem diferente.”
Autor: Fabio Matuzawa / @fmatuzawa.
Local: Estação de Metrô Sumaré, São Paulo, SP.

 

A Comunicação na Velocidade da Luz!: “O rastro de luz causado pela passagem do ônibus representa linhas telefônicas, satélites, redes sociais, aplicativos, etc. Em resumo, toda comunicação atual criada pelo homem, aproxima pessoas de onde quer que elas estejam, não importando a distância. Tudo é rápido e simples! Podemos alcançar locais em instantes!”
Autor: Victor Nigro / @vn.nigrofotografia.
Local: Avenida Paulista, São Paulo, SP.

 

Avenida querida: “Acho que deve ser a avenida mais querida das avenidas para muita gente, um local que já foi marco de muitos acontecimentos importantes para o Brasil, já deu vários rumos a nossa história, e continuará dando, ela não para.”
Autor: Daniel Ferreira Tavares / @danielf.tavares.
Local: Avenida Paulista, São Paulo, SP.

 

Deus Ajuda Quem Cedo Madruga: “A foto mostra o raiar do dia depois de uma noite de chuva, onde muitos já estão trabalhando há tempos por alí. Fiz esse clique durante uma saída fotográfica da ‘Fotojornada’ que começou no início da madrugada no dia do aniversário de São Paulo.”
Autor: Marcos Martinez Sanchez / @marcos_m_sanchez.
Local: Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo – CEAGESP, São Paulo, SP.

 

Luz em P&B: “Fotografia foi feita num sábado e tinha como foco o movimento. Formado por uma sequência de 5 fotografias, sendo uma da parte central e 4 para capturar o movimento completo de cada um dos trens dos dois lados.”
Autor: Rodrigo Doria / @sir.shot.
Local: Estação da Luz, São Paulo, SP.

 

Cor ao Concreto: “A construção cinza e neutra, recebe a mistura de frutas, verduras e pessoas que dão cor ao concreto.”
Autor: Vinicius Pavin / @vinipavin.
Local: Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo – CEAGESP, São Paulo, SP.

 

Siga o seu Olhar: “Você pode ser instruído para onde focar o seu olhar nessa foto com a ajuda das placas de sinalização, ou também, pode seguir a sua intuição e olhar o jogo de luz e sombra principalmente projetado no MASP.”
Autor: Fernando Dal Lago / @fernando.dal.lago.
Local: Avenida Paulista, São Paulo, SP.

 

Marquise: “O registro compõe-se dos contrates entre luz e sombra que o vão oferece para quem transita entre suas colunas. O projeto de Oscar Niemeyer hoje convive com caminhantes e praticantes de esportes, uma verdadeira orquestra que é submetida à meia luz que alcança o interior dessa estrutura.”
Autor: Fernando Fileno / @fernandofileno.
Local: Marquise do Ibirapuera, São Paulo, SP..

 

Curiosidade Pura!: “Em meio à uma exposição no Farol Santander, me deparei com essa cena e fui imediatamente atraído a olhar para a janela. Na esperança de saber para onde estas pessoas estavam olhando… Curiosidade pura!”
Autor: Bruno Bondarenv / @bondarenv.
Local: Farol Santander, São Paulo, SP.

 

Silhueta: “Entre o preto e o branco reside uma palheta infinita de cores. Entre a luz e a sombra, um labirinto de caminhos. Parados no limiar, fazemos nossas escolhas e, assim, traçamos a silhueta que nos transforma em seres singulares.”
Autora: Celina Perrone / @celinaperrone .
Local: Faculdade de Direito (USP) do Largo São Francisco, São Paulo, SP.

 

Manifestação: “Registro cotidiano de uma manifestação do público LGBT ocorrida no vão do MASP, local de muitas manifestações e atividades culturais.”
Autor: Erik Teixeira / @erikteixeira.
Local: Vão do MASP, São Paulo, SP.

 

Formas: “Uma foto que eu sou apaixonada, pois procuro muito a forma e fiquei mais de uma hora ali parada olhando, esperando as pessoas chegarem para o show, e quando essa menina apareceu, fui acompanhando-a.”
Autora: Manoela Vicentini / @manoelavicentini.
Local: Auditório do Ibirapuera, São Paulo, SP..

 

Sensibilidade: “Em tempos de perdas da fé, da dignidade e da identidade, a luz se deslumbra. É a sensibilidade no olhar, no sentir! Porque é assim que nossas fotos ganham milhares de significados, tanto pelos olhos de quem as vive, quanto pelos de quem as interpreta!”
Autora: Priscila Macedo Amaro / @priscilamamaro.
Local: Catedral da Sé, São Paulo, SP.

 

O Olhar da Fotografia: “A fotografia me mostra todos os dias a observar o mundo de uma forma nova. Me mostra cada detalhe incrível que poderia passar despercebido na correria do dia a dia.”
Autora: Kazumi Sato / @kazumi.sato.
Local: Guarapiranga, São Paulo, SP.

 

A mostra

Os registros da Mostra “O Caminho do Olhar” – 2ª Ocupação SP da garoa!, em cartaz de 16 a 27 de abril de 2018, no “Espaço dos Heróis de 32” do Palácio 9 de Julho – Assembleia Legislativa SP:

Fotos da Mostra “O Caminho do Olhar” que esteve em cartaz no “Espaço dos Heróis de 32” localizado no Palácio 9 de Julho – Assembleia Legislativa do Estado de SP (Rafael Gushiken/SPdagaroa.com.br)









O Dia da Vernissage com os expositores, curadores e convidados

Fotos de Erik Teixeira, Matheus Ribeiro e Caio Siqueira: https://www.facebook.com/events/2050900931605940/permalink/2059777480718285/

A Mostra na imprensa

Capa do Diário Oficial – Poder Legislativo: http://diariooficial.imprensaoficial.com.br/nav_v4/index.asp?c=12&e=20180418&p=1
Site da Assembleia Legislativa SP: https://www.al.sp.gov.br/noticia/?id=391076
Site Guia Folha S. Paulo: https://guia.folha.uol.com.br/exposicoes/galerias/o-caminho-do-olhar-assembleia-legislativa-de-sp-parque-ibirapuera-3156800696.shtml


TV Alesp – 1ª reportagem do Jornal Assembleia: https://youtu.be/vDkYmC3q5HY


TV Alesp – 2ª reportagem do Jornal Assembleia: https://youtu.be/0NMqljS_ZG0


Live direto da Mostra com todas as minhas considerações sobre a Mostra, o Lugar, os Expositores, feito no Instagram.com/spdagaroa: https://youtu.be/DGvDyBveDDA

 


Entre no nosso grupo do Facebook: https://www.facebook.com/groups/spdagaroa/ e seja um membro para saber em primeira mão das nossas matérias recentes e outros conteúdos exclusivos!
The following two tabs change content below.
Rafael Gushiken

Rafael Gushiken

Idealizador e editor-chefe at São Paulo da garoa
Rafael Gushiken é o idealizador e editor-chefe do portal São Paulo da garoa, para o qual seleciona as melhores dicas sobre cotidiano, cultura, história, turismo e gastronomia da terra da garoa; com a realização de exclusivas coberturas jornalísticas de eventos e passeios de interesse ao público paulistano e paulista em geral. É publicitário de formação, especializado em Marketing e Conteúdo Digital, Assessoria de Imprensa e Relações Públicas; e se "aventura" como fotógrafo e curador cultural.

Comentários

Comentários

Tagged