18 de junho – Dia da Imigração Japonesa no Brasil: saiba das homenagens em SP

SP da cultura SP da história
Kasato Maru no porto de Santos em 1908 (Arquivo/Domínio Público)

No dia 18 de junho é celebrado o marco da imigração japonesa no Brasil, pois é a data da chegada do navio Kasato Maru, o qual trouxe os primeiros imigrantes, ao porto de Santos em 1908. E neste ano de 2024 são 116 anos desse marco.

O Brasil é o país que concentra a maior comunidade nipônica fora do Japão, ou seja, cerca de 1,3 milhão de japoneses e descendentes (nikkeis) moram por aqui, principalmente no estado de São Paulo.

Saiba das homenagens que ocorrerão durante a semana na terra da garoa e programe-se!

1- Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo) e Pastoral Nipo-Brasileira (PANIB)

Rezada em japonês e português, a Missa em Ação de Graças à Memória dos Imigrantes Japoneses Precursores é uma das tradicionais celebrações religiosas realizada anualmente durante as comemorações de aniversário da chegada dos pioneiros imigrantes ao Brasil. Porém, sempre aos domingos, às 8h, ocorre a missa rezada em japonês, e para quem não sabe, segue a história abaixo:

Fonte – Site da Arquidiocese de São Paulo: “Aos 15 de abril de 1966, o Cardeal Agnelo Ross, então Arcebispo de São Paulo, criou a Paróquia Pessoal de São Gonçalo para os japoneses e seus descendentes e a confiou aos Jesuítas. A igreja de São Gonçalo, situada na Praça João Mendes, passou a ser a Matriz da Paróquia. Na época, havia na Arquidiocese cerca de 120.000 imigrantes e descendentes de japoneses, dos quais 60.000 eram católicos.”

Igreja de São Gonçalo – São Paulo, Brasil (Foto: RAOOS)

Serviço – Ação de Graças à Memória dos Imigrantes Japoneses Precursores:

Local: Igreja São Gonçalo (Praça Dr. João Mendes – Centro – São Paulo/SP).
Data: 18 de junho das 9h às 10h. Todos os domingos, às 8h, a missa tradicional rezada em japonês.
Pároco: Padre José Enes de Jesus. Vigário Paroquial: Padre André Masao Osaki, SJ.

2- Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo) via Pavilhão Japonês no Parque do Ibirapuera

Dentro do Parque Ibirapuera está essa réplica do Palácio Katsura (Kyoto, Japão), antiga residência de verão do imperador japonês do século 17, e por aqui, foi erguida em parceria com o governo do Japão e inaugurada junto com o parque no ano do “4º Centenário de São Paulo” (1954), e em 2024 celebra seus 70 anos.

Pavilhão Japonês – Parque do Ibirapuera (Divulgação/Pavilhão Japonês)

Sob administração do Bunkyo, o qual vem realizando eventos pontuais para essa celebração, tanto de seus 70 anos como a dos 116 anos da imigração japonesa, como a visita guiada ministrada pelo guia de turismo e educador Rafael Gushiken (operadora SP da garoa), em todas as dependências do Pavilhão.

Quais são as relações entre o Bunkyo, o Pavilhão Japonês e o 4º Centenário de SP?

Serviço – VIVÊNCIA EXCLUSIVA no PAVILHÃO JAPONÊS – Parque do Ibirapuera : 70 ANOS + ESPECIAL MÊS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA 🎌 ~ por SP da garoa com guia/educador Rafa Gushi:

Local: Mini caminhada no Parque do Ibirapuera (portão 04) + Visita guiada nos jardins e dependências do Pavilhão Japonês (Lago das Carpas Nishikigoi 🎏 e em especial no Meliponário 🍯);
Data: 22 de junho [4º sábado, das 10h00 às 12h00]
;
Ingressos de participação: por R$55 [gratuito para crianças até 4 anos/meia-entrada para crianças entre 5 e 12 anos e idosos a partir de 60 anos]. 👉 Para garantir a sua VAGA: chame no WhatsApp 🗣️ do @rafagushi — 11 98107-6921.

3- Museu da Imigração do Estado de São Paulo

O Museu da Imigração está localizado no complexo histórico da antiga Hospedaria de Imigrantes do Brás, e foi inaugurado no dia do imigrante, 25/01, do ano de 1993, ou seja, logo mais completa seus 31 anos de funcionamento.

25/06 – Dia do Imigrante e aniversário do Museu da Imigração

Mas em comemoração ao dia da imigração japonesa, abrigará no fim de semana dos dias 29 (sábado) e 30 (domingo) de junho, a segunda edição do festival VIVA! Japão, uma imersão cultural com apresentações de dança e música, oficinas de arte, caligrafia, cerâmica, culinária e tendas de gastronomia, com entrada gratuita nos dois dias.

Um dos grandes destaques dessa edição acontece no auditório do MI, em 29, às 15h, quando será exibido o documentário “Tomie”. Sob a ótica da conceituada diretora nisei, Tizuka Yamasaki, o público terá a oportunidade de mergulhar na vida e obra da renomada artista plástica que traduziu o encontro entre a cultura japonesa e brasileira.

Serviço – Festival VIVA! Japão no Museu da Imigração:

Data: Sábado e domingo, 29 e 30 de junho.
Horário: das 10h às 18h.
Local: Museu da Imigração | rua Visconde de Parnaíba, nº 1316 – Mooca, São Paulo – SP
Valor: Entrada gratuita.
Ingresso: Retirada de ingressos na bilheteria do museu.
Inscrição de oficinas e atividades: 30 minutos antes de cada sessão.
Programação completa: https://museudaimigracao.org.br/eventos/presencial/festival-viva-japao


Entre no nosso grupo do Facebook: https://www.facebook.com/groups/spdagaroa/ e seja um membro para saber em primeira mão das nossas matérias recentes e outros conteúdos exclusivos!
The following two tabs change content below.
São Paulo da garoa, São Paulo, que terra boa! Tudo sobre cotidiano, cultura, história, turismo e gastronomia da nossa terra da garoa.

Comentários

Comentários

Tagged