25ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo – edição virtual e atividades durante todo o mês

SP do turismo

Formato virtual pelo segundo ano consecutivo acontece no dia 6 de junho e tem como tema “HIV/Aids: AME + CUIDE + VIVA +”. O evento contará com uma programação de oito horas de duração de apresentações musicais, entrevistas e debates. Outras atividades relacionadas ao Orgulho LGBTQIA+ ocorrerão durante o mês de junho. Confira tudo a seguir.

Foto de capa: Edição passada e presencial da Parada do Orgulho LGBTQIA+ em frente ao MASP, na avenida Paulista. (Divulgação)

Deixe seu e-mail para receber notificações de novas matérias publicadas aqui neste portal www.spdagaroa.com.br:

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Edição virtual

A 25ª edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontece neste domingo, dia 6 de junho, a partir das 14h. Pelo segundo ano consecutivo, o evento será totalmente virtual por conta da pandemia do coronavírus, e traz o tema “HIV/Aids: AME + CUIDE + VIVA +“.

Em 2021, em meio à crise sanitária da covid-19, se completam 40 anos de convivência com a epidemia de HIV/Aids. Inicialmente, a doença foi associada à homossexualidade masculina, gerando assim desinformação, uma vez que qualquer pessoa pode ser infectada, e ainda mais preconceito contra a população LGBTI.

Ao trazer este tema, a ParadaSP Ao Vivo, como são conhecidos os eventos que acontecem de forma virtual, busca trazer mais informações e convocar toda a comunidade LGBTI e aliados a se unir em solidariedade às pessoas que vivem com HIV/Aids.

No ano passado (2020), a hashtag oficial do evento, #ParadaSPaoVivo, esteve entre os assuntos mais comentados do mundo nas redes sociais. E a audiência só cresce: em 2020, com as mais de 11 milhões de visualizações, o evento teve um aumento de 40% de espectadores únicos em relação à edição de 2019.

A programação para este ano de 2021 terá oito horas de duração com apresentações musicais, entrevistas e debates. Confira a seguir, quem irá participar da live (transmissão ao vivo):

Programação da edição virtual da 25ª Parada do Orgulho LGBT de SP – #ParadaSp Ao Vivo (06/06, a partir das 14h)

A transmissão será feita em 12 canais do Youtube. Todos os influenciadores e apresentadores irão transmitir o evento em seus perfis – que também poderá ser encontrado nos canais da Dia Estúdio, Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOLGBT/SP) e do YouTube Brasil.

Alberto Pereira Jr. (artista social, diretor, apresentador e roteirista) e Lucas Raniel (comunicólogo e palestrante), discutem o assunto com seus públicos no YouTube e pretendem trazer uma maior conscientização sobre o vírus, tratamento e prevenção;

• Os médicos infectologistas Vinicius Borges e Rico Vasconcelos, e a covereadora de São Paulo Carolina Iara, que vive com HIV, também vão participar da transmissão para debater o assunto;

Fih e Edu, do canal Diva Depressão receberão atrações musicais para entrevistas e shows exclusivos para o público em casa. O cenário fará alusão ao palco clássico do evento físico;

Fih e Edu, do canal Diva Depressão, serão os apresentadores da 25ª Parada do orgulho LGBT de São Paulo. (Divulgação/Internet)

• A dupla também contará com uma equipe de outros 10 criadores como hosts do evento: Bielo, Jean Luca, Linn da Quebrada, Lorelay Fox, Louie Ponto, Lucas Raniel, Mandy Candy, Nátaly Neri, Spartakus e Tchaka;

Tchaka Rainha das Festas participa da 25ª Parada do orgulho LGBT de São Paulo. (Divulgação/Assessoria de Imprensa)

• Estão confirmados nomes como Silvetty Montilla, Gloria Groove, Majur, Pepita, Lia Clark, Sandra de Sá, Maria Gadu, Matheus Carrilho e Pabllo Vittar, que será a responsável por encerrar o evento.

Pabllo Vittar será a responsável por encerrar o evento. (Divulgação/Internet)

Outras atividades para o mês do Orgulho LGBTQIA+

A Prefeitura de São Paulo também é apoiadora institucional de outras ações virtuais promovidas pela ParadaSP ao longo do mês de junho, quando se celebra o orgulho LGBTI.

No dia 27 de junho, das 19h00 às 21h00, acontece o Palco Diversidade – 25 Anos de Parada e Blue Space. O evento virtual que irá mesclar shows com depoimentos, celebrando um quarto de século da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo e da Casa Noturna Blue Space.

A ação também irá contextualizar esse período de 25 anos politicamente, pontuando os principais avanços ocorridos em prol dos direitos LGBTI durante esta trajetória. A SMDHCSecretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania também apoia este evento por meio de sua Coordenação de Comunicação, com a produção da arte gráfica virtual do evento pelo artista gráfico Beto Cavalcante.

Além disso, acontece também o Fórum de Direitos LGBT+, nos dias 16 e 17 de junho, das 10h às 15h30. O evento contará com a presença de ativistas, políticos e estudiosos do Brasil, Canadá, Argentina e Chile, que discutirão a evolução dos direitos e da contribuição econômica LGBTI na região, além do aumento da presença desta população no cenário político.

A abertura do evento contará com a presença da Embaixadora do Canadá no Brasil, Jennifer May, do Embaixador do Canadá na Argentina, David Usher, do Embaixador do Canadá no Chile, Michael Gort, e da Secretária Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Claudia Carletto.

Outra ação promovida pela prefeitura de São Paulo durante o mês do orgulho LGBT é a exposição fotográfica “Luz & Sombra“. A ação retrata integrantes do Programa Transcidadania, iniciativa municipal que oferece auxílio financeiro, cursos de capacitação, apoio psicológico e legal a pessoas trans na cidade de São Paulo. Em 2020, o número de vagas do Transcidadania subiu de 240 para 510 bolsas.

A exposição acontece em parceria com a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô. Ao todo, são 20 fotografias, de mulheres e de um homem trans, feitas pelo fotógrafo Piti Reali, que podem ser vistas até o final de junho na Estação São Paulo-Morumbi e, em julho, na Estação Fradique Coutinho.

As fotografias foram realizadas no começo do ano, em um ensaio fotográfico promovido pela SMDHC e que leva o mesmo nome da exposição. As fotos foram idealizadas para retratar a transformação que a garantia de direitos básicos da cidadania proporcionou na vida das personagens.

Serviços

25ª Parada Virtual do Orgulho LGBT de São Paulo (2021)
Data
: 6 de junho, a partir das 14h
Tema: HIV/Aids: Ame + Cuide + Viva +
Onde: No YouTube, nos canais da APOLGBT-SP, Dia Estúdio e dos apresentadores
Mais informações sobre o tema, acesse o Manifesto oficial da 25ª edição da Parada: http://www.paradasp.org.br

Exposição Luz & Sombra (Linha 4-Amarela)
Estação São Paulo Morumbi – até 30 de junho
Estação Fradique Coutinho – de 3 a 31 de julho

Fórum de Direitos LGBT+
Data: de 16 e 17 de junho, das 10h00 às 15h30
Onde: No YouTube da APOLGBT-SP

Palco da Diversidade – 25 Anos de Parada e Blue Space
Data
: 27 de junho, das 19h00 às 21h00
Onde: Nas redes sociais da APOLGBT-SP, do Museu da Diversidade Sexual e da Blue Space

Reveja a nossa última cobertura presencial da Parada, no ano de de 2019:

Reveja também o episódio do “Vestido Boticário” da Parada de 2015, a respeito da foto clicada pelo idealizador do SP da garoa, Rafael Gushiken, e que viralizou na web na época:

Clique nas imagens e siga-nos no Instagram @spdagaroa!

Deixe seu e-mail para receber notificações de novas matérias publicadas aqui neste portal www.spdagaroa.com.br:

Processando…
Sucesso! Você está na lista.
Entre no nosso grupo do Facebook: https://www.facebook.com/groups/spdagaroa/ e seja um membro para saber em primeira mão das nossas matérias recentes e outros conteúdos exclusivos!
The following two tabs change content below.
São Paulo da garoa, São Paulo, que terra boa! Tudo sobre cotidiano, cultura, história, turismo e gastronomia da nossa terra da garoa.

Comentários

Comentários

Tagged