Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

Por: Rafa Gushi

Imagem: Quadro de Jules Martin  retratando a Avenida Paulista no dia da Inauguração, 08/12/1891

a motivação

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Quadro de Jules Martin retratando a Avenida Paulista no dia da Inauguração, 08/12/1891

À época, havia um desejo em expandir na cidade, novas áreas residenciais que não estivessem localizadas próximas das altamente valorizadas e totalmente ocupadas, como a Praça da República, o bairro de Higienópolis e os Campos Elísios.

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

a área escolhida

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Quadro de Jules Martin retratando a Avenida Paulista no dia da Inauguração, 08/12/1891

A região escolhida para a realização desses novos loteamentos, foi a do Espigão do Caaguaçu (do tupi-guarani, “mata grande”), conhecido como divisor dos vales dos rios Tietê e Pinheiros, e também, a área mais elevada da cidade.

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

a inauguração

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Quadro de Jules Martin retratando a Avenida Paulista no dia da Inauguração, 08/12/1891

E assim, a avenida Paulista foi inaugurada, em 8 de dezembro de 1891. Fruto do empreendimento de um grupo de empresários, liderado por Joaquim Eugênio de Lima, engenheiro uruguaio estabelecido em SP e consolidado no mercado imobiliário.

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

a inauguração

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Quadro de Jules Martin retratando a Avenida Paulista no dia da Inauguração, 08/12/1891

Joaquim que estabeleceu as concepções básicas da avenida, além de se tornar juntamente com seus outros dois sócios, proprietário de todos os terrenos da área, o que hoje compreende a região do Paraíso até à Consolação.

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

o nome

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Busto de Joaquim Eugênio de Lima, esculpido por Roque de Mingo (13/06/1952) e que está localizado no Parque Trianon

A princípio, Eugênio Lima tinha em mente que a avenida se chamasse “Prado de São Paulo”, ou “Avenida das Acácias”...

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

o nome

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Busto de Joaquim Eugênio de Lima, esculpido por Roque de Mingo (13/06/1952) e que está localizado no Parque Trianon

...mas seus colegas e sócios tiveram a ideia de dar à avenida o seu nome, e ao se opor, então, ele declarou: “Será Avenida Paulista, em homenagem aos paulistas“.

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

os primeiros anos

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Registro da Paulista em 1906 por Manuel Frédéric

As primeiras décadas (já no séc. 20) foram destinadas aos moradores de altíssimo poder aquisitivo, primeiramente, por “barões do café” e, em seguida, por milionários ligados ao comércio e a indústria (família Matarazzo, por exemplo).

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

um novo conceito

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Registro panorâmico em 1902 por Guilherme Gaensly

A avenida foi aberta seguindo padrões urbanísticos novos para a época: seus palacetes incorporavam os elementos da arquitetura eclética, ou seja, o lugar parecia um museu de estilos arquitetônicos de períodos e lugares diversos.

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História

os tempos áureos

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Veículos na avenida Paulista, em 1928

Aos poucos, a avenida se transformou no centro da animação da cidade, onde aconteceram corridas de charrete, de cabriolés e dos primeiros automóveis e, claro, os grandes carnavais dos anos 1920 e 1930.

Especial 130 anos AVENIDA PAULISTA: A História