Museu de Arte Sacra de São Paulo o mais vibrante e ativo de Arte Sacra do país.

Por: Rafa Gushi

Imagem: R. Gushiken/SP da garoa

O surgimento

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: R. Gushiken/SP da garoa

O Museu de Arte Sacra de São Paulo é fruto de um convênio celebrado entre o Governo do Estado e a Mitra Arquidiocesana de São Paulo, em 28 de outubro de 1969 e sua instalação data de 29 de junho de 1970.

A história

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Convento de Nossa Senhora da Luz (1862) por Militão Augusto de Azevedo — atual MAS/SP (Reprodução)

A partir desta data, o MAS/SP passou a ocupar a ala esquerda térrea do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, fundado em 1774, e hoje, é considerado um dos mais importantes e bem conservados exemplares da arquitetura colonial brasileira do século XVIII — tombado como patrimônio histórico nas esferas federal, estadual e municipal.

A história

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Convento de Nossa Senhora da Luz (1862) por Militão Augusto de Azevedo — atual MAS/SP (Reprodução)

A parte mais antiga do complexo foi construída sob orientação de Frei Antônio de Santana Galvão para abrigar o recolhimento das irmãs concepcionistas, função esta que também se mantém até hoje.

O acervo fixo  de arte sacra

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Interior do MAS/SP (R. Gushiken/SP da garoa)

O acervo do museu começou a ser formado por Dom Duarte Leopoldo e Silva, primeiro arcebispo de São Paulo, que a partir de 1907 começou a recolher imagens sacras de igrejas e pequenas capelas de fazendas que sistematicamente eram demolidas após a proclamação da República (1889).

O acervo fixo de arte sacra

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Interior do MAS/SP (R. Gushiken/SP da garoa)

Na década de 1970, foi possível ampliar significativamente esse acervo, tendo o museu como o “abrigo oficial”. O MAS/SP possui amplo conjunto de peças sacras e barrocas, as quais podem ilustrar com precisão a evolução da técnica escultórica no País ao longo da história e seus artistas.

O acervo do séc. 21

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Interior do MAS/SP (R. Gushiken/SP da garoa)

Mesmo não sendo um dos museus de arte sacra mais antigos do país, o MAS/SP é um dos mais ativos e vibrantes com suas constantes exposições, tanto individuais de artistas contemporâneos, como coletivas com peças de acervo próprio e/ou de coleções particulares com fotografias, esculturas, pinturas, joalheria, desenhos, caricaturas.

O Jubileu de Ouro – 50 anos

O Brasil teve um enorme fluxo de escravos vindo da África, o que formou grande parte da descendência brasileira. Popularizaram o óleo de dendê e o leite de coco, ingredientes muito presentes na culinária regional do estado da Bahia.

Imagem: Interior do MAS/SP (R. Gushiken/SP da garoa)

Por ocasião do Jubileu de Ouro (conquistado em 2020), o museu dá início a ação: "MAS/SP no Mundo", lançamento do perfil oficial do museu na plataforma Google Arts & Culture, sendo a primeira e maior coleção de arte sacra das Américas no ambiente virtual e um dos primeiros do mundo com acervo específico.